Dia 08.12.2018 – Sábado das 15h às 19h30 

A vivência Prazeres Líquidos é um momento reservado ao encontro de subjetividades dissidentes. Um momento intenso de cuidado de si e autoconhecimento. O curso é teórico e prático com função de agenciar a performance do squirting tornando-o acessível a todes.

AI MINHA DEUSA, O QUE VAI ROLAR?

Vamos refletir sobre a morfologia feminina dentro de uma perspectiva crítica de filosofia da ciência num espaço de acolhimento à subjetividade.

Usaremos beterrabas para fazer *carimbovulvas*, adquirindo uma nova perspectiva sobre essa região tão pouco explorada de nossos próprios corpos.

Sue então nos convidará a reconhecer sua própria próstata (sim, nós temos!), para depois reconhecermos em nós mesmas esse tesouro em nosso ventre – de onde jorram as águas sagradas do prazer. ♡

Em uma performance coletiva de desubjetivização, cada participante escreverá um sonho erótico que será compartilhado e narrado – praticando a noção focaultiana de que novas práticas geram novos desejos. E assim, vendadas, à vontade e inteiramente entregues às nossas próprias intimidades, utilizaremos nossos novos conhecimentos (portanto tragam toalhas!)

♡ A ejaculacão feminina é uma arma simbólica na luta contra o patriarcado! ♡

QUEM É Sue Nhamandu?

Pesquisadora convidada do programa europhilosophie 2019. É professora de filosofia há mais de 13 anos, performer e ativista transfeminista pró-sexo. É criadora da pornôklastia, conceito-neologismo que encerra em si uma prática performática, filosófica, política, midia tática e pedagógica num movimento de máquina de guerra. É colunista da revista Cínicas. Acaba de lançar seu primeiro livro Poemas Pornôklastas pela Ed Córrego. Tem vasta experiência como atriz, trabalhou com José Celso Martinez Correia no Teatro Oficina em 2011, teve a oportunidade de ser aluna de Gerald Thomas (Teatro Poeira, RJ) em 2012; no cinema A bruta flor do querer, vencedor de GraMado 2013. Tem trabalhos expostos e apresentados em vários lugares do mundo como México, Londres, NY, Alemanha e França.